Modalidades de Contratação: Conheça todos os tipos de contrato

| | ,

Propaganda

O mercado de trabalho tem diversas modalidades de contratação para que os funcionários tenham mais flexibilidade no seu trabalho.

Todas as modalidades de contratação terão um foco, onde fará sentido dependendo da empresa e profissional.

Veja a seguir todas as modalidades de contratação.

 

O que é um contratação?

Uma contratação é um acordo, protegido por lei, entre uma empresa e um funcionário, a fim de obrigar os dois a cumprirem com o que foi prometido.

Assim, nem a empresa nem o funcionário ficarão prejudicados em caso de não cumprimento.

O contrato assegurará o funcionário e a empresa, onde ambos terão que se entenderem e tornar essa experiência o mais confortável possível.

A contratação deve ser feito através de um documento físico, que ficará uma cópia com o funcionário e outro com a empresa.

Esse documento deverá ser assinado pela a empresa, funcionário e justiça do trabalho.

 

Quais os tipos de modalidades de contratação?

Os tipos de contratação são somente 2, eles têm como foco saber que tipo de funcionário é aquele na empresa, sendo assim considere:

PJ

O tipo de contratação para PJ é diferente, pois eles não tem direito aos benefícios da CLT, somente se ele faça os pagamentos por conta própria.

Para ser um PJ é necessário abrir uma CNPJ e então ser contratado por uma empresa neste tipo de contrato. Assim a empresa terá menos custos com o funcionário, podendo pagar uma remuneração mais alta e tendo menos problemas com a burocracia do tipo CLT.

 

CLT

Aqui a pessoa está protegida por lei, e poderá receber todos os benefícios oferecidos ao trabalhador, como: 13ª, férias, inss, fgts, etc. É ao tipo de contrato mais comum, onde a empresa deverá fazer todos os pagamentos dos benefícios ao trabalhador.

Agora que você sabe os tipos de contratação, veja todas as modalidades de contratação que você poderá se encaixar.

 

Quais as modalidades de contratação?

Dentre as modalidades de contratação autorizadas por lei, você terá 9 modelos que se separam em duas categorias:

 

Contrato com tempo determinado

Todas as modalidades de contratação abaixo possuem prazo de validade, ou seja, será um contrato com começo e fim da experiência.

Deste modo você só poderá trabalhar na empresa no momento determinado em contrato, e só poderá estender caso a empresa deseja aumentar esse tempo realizando uma nova contratação.

Dentre as 9 modalidades de contratação aqui se encontram 4, sendo elas:

 

1 – Estágio

Quando é oferecido: O estágio é uma das modalidades de contratação para quem está cursando a faculdade e está precisando da experiência profissional. Normalmente é oferecido para estudantes da área que a vaga foi aberta.

Como funciona: Essas modalidades de contratação normalmente determina 6 horas de trabalho diário que deverá ser cumprida em até 2 anos. Os contratos estão dentro do benefícios da CLT e da lei nª 11.788. Além disso o estagiário deverá fazer integração com o CIEE ou NUBE.

Vantagens: Menos horas de trabalho, maior tolerância devido ser uma contratação de aprendizagem, tempo para se dedicar aos estudos, reconhecimento profissional, aprendizado na área da profissão e benefícios CLT, chance de efetivação.

Desvantagens: Contrato com validade, sobrecarga mental, nível hierárquico mais baixo, menores salários.

 

2 – Jovem Aprendiz

Quando é oferecido: É oferecido para jovens de 14 a 24 anos que estejam estudando ou concluído a escola de nível regular. É a modalidade de contrato para primeiro emprego.

Como funciona: Essa modalidade normalmente tem duração de até 2 anos, determinando o tempo de 4 a 6 horas de trabalho. Dentro da Lei nª 10,097/2000 a contratação dá direito aos benefícios da CLT. E para se manter, será necessário que o empregado realize o curso de capacitação profissional. Esse tipo de vaga precisa completar dentre 5% a 15% das vagas de todas as empresas.

Vantagens: Menor horário de trabalho, oportunidade de primeiro emprego, curso de capacitação profissional, benefícios da CLT, chance de efetivação.

Desvantagens: Menor nível hierárquico, salário mais baixo, benefícios menores, contrato com validade.

 

3 – Eventual ou Freelancer

Quando é oferecido: Ela normalmente é oferecida quando a empresa está precisando de um funcionário para realizar uma atividade em específico e esporádica.

Como funciona: Neste caso não há nenhum vínculo empregatício, onde o profissional irá apenas realizar sua atividade e será pago por isso.

Vantagens: Flexibilidade de horário de trabalho, recebe por tarefa realizada, você faz seu próprio salário.

Desvantagens: Sem estabilidade, sem garantia, sem benefícios, a busca de clientes deverá ser constante, locomoção frequente.

 

4 – Temporário

Quando é oferecido: Quando a empresa precisa de um profissional específico por um tempo curto determinado. Normalmente ocorre em datas comemorativas como Natal, dias das mães, substituição de funcionário afastado, etc.

Como funciona: É feita uma contratação regida pela a lei nª 6019 com um curto prazo determinado, onde o trabalhador deverá exercer atividade.

Vantagens: Benefícios da CLT, salário de acordo com a área.

Desvantagens: Sem flexibilidade de horas, alta demanda de serviço, contrato com validade.

 

Contrato com tempo indeterminado

Já as modalidades de contratação com tempo indeterminado, ou seja, sem previsão de fim, são 5 de 9, sendo elas:

 

5 – Trainee

Quando é oferecido: O Trainee é semelhante ao estágio, contudo é oferecido para recém formados. Neste modelo ele não possui prazo de validade, onde o trabalhador será oficialmente um trabalhador da empresa.

Como funciona: Nesta modalidade de contrato o trabalhador ficará dentro da lei da CLT e terá que trabalhar dentre 6 a 8 horas. Neste caso não será necessário fazer triagem em uma instituição parceira da empresa. Contudo será necessário entrar em uma fase de adaptação, para que a empresa possa avaliar se você será realmente contratado. Essa fase normalmente dura 1 mês.

Vantagens: Benefícios CLT, contrato sem prazo de validade, aprendizagem, tolerância.

Desvantagens: Salários baixos, fase de adaptação, competitividade do mercado.

 

6 – Intermitente

Quando é oferecido: O intermitente é necessário quando a empresa precisa de uma pessoa fixa para realizar tarefas esporádicas como limpeza, manutenção de equipamentos e etc.

Como funciona: O trabalho intermitente é contratado por CLT, estando presente no paragrafo 3 artigo 443 do decreto lei nº5452 da CLT na qual terá direito aos benefícios e remuneração nos dias que forem trabalhar. Contudo o trabalhador só precisará comparecer na empresa nos dias solicitados, que deverá ser marcado previamente. Os dias não ficarão em contrato, pois serão esporádicos.

Vantagens: Flexibilidade de horário e dia de trabalho, benefícios da CLT, poderá trabalhar mais de um emprego, poderá recusar idas ao trabalho.

Desvantagens: Salários oscilantes, deverá estar em contato com a empresa constantemente, necessita fidelizar clientes.

 

7 – Terceirização

Quando é oferecido: A terceirização é oferecida quando a empresa precisa de uma outra empresa para a realização de serviços como limpeza, transporte, eventos, etc.

Como funciona: A empresa deverá fazer um vínculo empregatício com a outra empresa, no qual deverá pagar todos valores e benefícios dentro do regime da empresa terceirizada. A terceirização está presente na LEI Nº 13.429.

Vantagens: Benefícios da CLT, demanda alta de uma empresa, parceria, poderá oferecer serviço para diversas empresa.

Desvantagens: Alta demanda de serviço, deslocamento, obrigações com a empresa.

 

8 – Home Office

Quando é oferecido: É oferecida em casos de reclusão social, funcionário que realiza muito deslocamento ou funcionário que pode trabalhar remotamente.

Como funciona: A empresa apenas mudará a forma de trabalho de um funcionário já contratado, ou o contratará dentro desta modalidade para que ele trabalhe de casa. Evitando assim aglomeração ou superlotação.

Vantagens: Flexibilidade de horário, benefícios da CLT, economia em transporte, otimização no tempo de locomoção que não será mais necessário, trabalhar no conforto de casa, aconchegante.

Desvantagens: Precisa de muita disciplina, maiores gastos com alimentação, água e luz, falta de contato com as pessoas, isolamento, precisa de internet e computador.

 

9 – Autônomo

Quando é oferecido: Na verdade ela não é uma das modalidades de contratação, pois a mesma ocorre quando existe a falta de uma.

Como funciona: Qualquer profissional que trabalha sem nenhuma garantia é considerado autônomo. Sendo assim ele deverá pagar para ter benefícios da CLT com a previdência privada.

Vantagens: Total autonomia de trabalho.

Desvantagens: Falta de garantias.

 

Agora você sabe todas as modalidades de contratação, é só escolher a que melhor combina com você e procurar as vagas que condizem com o tipo de contrato que você deseja.

 

Anterior

LinkedIN: Entenda tudo sobre a rede social

Plano de Carreira: 6 Passos para esclarecer seus objetivos

Próximo

Deixe um comentário